UMA CURA CONTRA A DEPRESSÃO: O CORDEL: DO AUTOR AO LEITOR, por Leonardo Coe

Escrito por Igor Gomes A escritora cearense Jarid Arraes (Juazeiro do Norte, 1991) ganhou projeção ao trabalhar a vida de mulheres negras invisibilizadas pela historiografia oficial em uma plataforma pouco usual no meio literário hegemônico: a literatura de cordel. Nomes importantes, mas ainda pouco conhecidos, como Acotirene, Agontimé, Luisa Mahin ou Maria Firmina dos […]

via A mulher negra no centro do cordel — Fazendo História

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s